quarta-feira, 15 de abril de 2015

LIVRO: NO CINEMA COM LACAN - o que os filmes nos ensinam sobre os conceitos e a topologia Lacaniana - STELLA JIMENEZ


Jimenez, Stella e colaboradores. 1ª ed. Ponteio, 2014
240 páginas

Um livro muito interessante para os que se interessam pela psicanálise e pelo cinema. A psicanalista Stella Jimenez com a colaboração de outros profissionais analisam vários filmes e na segunda parte do livro encontramos a fundamentação teórica. 

Os filmes analisados são:

- A pele que habito de Pedro Almodóvar. Este filme já postei aqui no blog. Um filme que tem muitas questões, mas a principal é a identidade sexual.

- Medianeras - Buenos Aires na era do amor virtual de Gustavo Taretto. Também já postei no blog. Fala do amor no mundo atual.

- Time - o amor contra a passagem do tempo de Kim Ki-Duk. Pretendo assistir. Fala sobre a mulher, o tempo e a devastação.

- A primeira coisa bela de Paolo Virzi - A questão da mãe

- Vincere de Marco Bellochio - o amor louco

- A história de Adèle H. de François Truffaut - Também postado aqui no blog. Fala da erotomania e do amor patológico.

- O homem do lado de Gastón Duprat e Mariano Cohn

- Gattaca de Andrew Niccol sobre as impossibilidades da ciência

- Drácula de Bram Stoker de Francis Ford Coppola

- A viagem do Capitão Tornado de Ettore Scola - sobre o fracasso

- Nome de família de Mira Nair sobre a nomeação

- Habemus papam? de Nanni Moretti - também já postado. Fala da derrocada do semblante da impostura à loucura

O cinema é uma das vias privilegiadas da psicanálise. É onde o diretor(a) pode projetar ou dizer algo, mas também o espectador se vê ali, sente em si mesmo a angústia, se encontra, e principalmente muitas vezes encontra as palavras que lhe faltam. É uma das vias da compreensão para o que muitas vezes não conseguimos falar. Também permite vermos e percebermos na tela situações com as quais temos dificuldades de lidar. 

Stella Jimenez é formada em Medicina pela Universidade Nacional de Buenos Aires e fez Mestrado em Psicanálise na UFRJ.