segunda-feira, 22 de junho de 2015

FILME: DIVERTIDA MENTE - 2015


Direção: Pete Docter - 2015
Duração: 83 min
Produção: Pixar Animations Studios 
Título Original: Inside Out 
País de Origem: Estados Unidos

Uma animação mais voltada para adultos. Trata-se da mente de uma garotinha, Riley, que vive com seus pais em Minnesota e se muda para San Francisco, o que traz enormes mudanças em sua vida. 

O filme retrata sua mente onde convivem várias emoções diferentes: alegria, tristeza, nojo, medo e raiva. 


Alegria é a líder e ela se esforça muito para que Riley seja feliz, mas as coisas nem sempre saem como ela deseja, e com a mudança chega um momento em que Alegria não consegue mais manter as coisas como eram, a tristeza domina e é necessário ir em busca de memórias bases para reativar a alegria. Enquanto ela e tristeza se vêem em confusões para recuperar estas memórias, a raiva assume o comando na sala de controle. A medida que as coisas vão acontecendo vemos as ilhas referentes a amizade, família, esportes caindo aos pedaços. Alegria e tristeza andam pelos "porões" da mente, passam pelos sonhos, pelo imaginário, pelo subconsciente, fazendo de tudo para poder levar as memórias bases de volta, enquanto Riley vai mudando completamente de uma menina feliz e alegre para uma menina triste, com raiva, revoltada. 

O que é interessante é que não será Alegria quem conseguirá mudar isto. Há momentos em que a tristeza precisa existir, e será através dela, chorando, que Riley poderá recuperar sua alegria de viver. Neste momento aparecem novas ilhas, pois as coisas mudaram. Uma boa crítica ao mundo moderno que visa sucesso e felicidade excluindo a tristeza o que acaba levando as pessoas aos anti-depressivos para manter esta alegria. Mas a vida não é feita apenas de alegria e felicidade. Também a raiva, o nojo e o medo estão presentes. 

Podemos acompanhar também como é difícil quando somos dominados por certos pensamentos e sensações, como o medo, a raiva e o nojo, para que a tristeza ou alegria possam assumir o "controle" - uso esta palavra para me referir ao filme onde há um painel de controle na mente. 


Pete Docter nasceu em 1968 em Bloomington, Minnesota, EUA.