segunda-feira, 9 de junho de 2014

FILME: O FILHO DA NOIVA - 2001


Direção: Juan José Campanella - 2001 
Duração: 123 min
Título original: El hijo de la novia

Rafael Belvedere (Ricardo Darín) tem 42 anos e cuida do restaurante que foi de seu pai, vive sozinho, e sempre correndo, totalmente estressado. Tem uma ex-mulher que lhe cobra maior atenção para a filha e sua namorada Naty (Natalia Verbeke) que lhe solicita atenção e companhia. Sua mãe está internada, está perdendo a memória, está com Alzheimer, e ele raramente a visita. Seu pai Nino (Hector Alterio) o visita no restaurante e está com uma idéia que Rafael reluta em aceitar, ele quer realizar o sonho de Norma (Norma Aleandro) de se casar na igreja.

Com toda esta correria ele acaba tendo um enfarte. É o momento para repensar toda sua vida e ele acaba aceitando a ideia do pai sobre o casamento.

O filme nos mostra um Rafael cheio de conflitos e angústias. Ele não consegue se relacionar com as pessoas, tem dificuldade com tudo que seja íntimo, e mergulha no trabalho no restaurante, mas mesmo ali, nem tudo corre tão bem assim. Ele foge da mãe, não vai visitá-la e somente depois de muita insistência de seu pai acaba indo. Se depara com a fragilidade dela, já não é sua mãe da infância, onipotente. A morte, os conflitos não resolvidos emergem.

Vemos um Rafael ainda infantil, que aos poucos vai atravessando a dor do crescimento, da separação, de aceitar que é um ser único, solitário mas que depende dos outros. A cena quando ele pensa em vender o restaurante, e que seu pai lhe diz que foi a vida deles, mas que ele, Rafael, tem que ter a sua vida.

O casamento esbarra em dificuldades, sua mãe tem Alzheimer, não está de posse de suas faculdades mentais, mas Rafael acaba resolvendo isto, e encenam o casamento com a ajuda de um amigo.

Um filme sobre o crescimento, sobre a separação do infantil rumo para a maturidade, sobre a separação que todos nós devemos fazer dos pais simbolicamente, rompendo com o que nos ilude na infância, as fantasias, o Zorro de Rafael.


Juan José Campanella nasceu em 1959 em Buenos Aires, Argentina.