quarta-feira, 24 de setembro de 2014

FILME: AMAR BEBER E CANTAR - 2014


Direção: Alain Resnais - 2014
Duração: 108 min 
Título Original: Aimer boire et chanter 

Um grupo de teatro fica sabendo que um amigo está com câncer. A partir daí o filme gira em torno de George que não aparece em momento algum durante o filme. O filme é uma peça dentro do filme, eles ensaiam uma peça, mas o filme também se utiliza de cenários de teatro. Diferente e interessante, o que vale são os diálogos com fundos que representam onde estão os personagens. Gostei muito da forma como ele apresenta as casas com desenhos. A história se passa na Inglaterra.

Logo no início Colin (Hippolyte Girardot) que é médico recebe a notícia de um colega e não consegue se conter passando a informação a mulher Kathryn (Sabine Azéma) que logo conta para Jack (Michel Vuillemoz) que é o melhor amigo de George que fala para sua esposa Tamara (Caroline Sihol). Estes por sua vez falam com Monica (Sandrine Kiberlain) a ex-mulher de George que agora vive com Simon (André Dussollier).

Tudo gira em torno destes personagens que começam a recordar passagens de suas vidas com George e a pensar no futuro sem ele. A presença da morte faz com que todos repensem muitos aspectos de suas vidas, e todos sempre falam de George como um homem feliz e que sabia viver, ele parece o modelo que nenhum deles atingiu. O filme é um grande diálogo sobre o viver e o morrer. Tudo se passa num teatro e palco, o que é uma referência também a vida que atuamos sempre, os atores e os papéis que assumimos e da dificuldade de sair disto e poder ser o que se é realmente.

Alain Resnais filmou Amar Beber e Cantar aos 91 anos e foi seu último filme.

Alain Resnais nasceu em 1922 em Vannes na França e morreu em 2014 em Paris.