sexta-feira, 31 de outubro de 2014

FILME: VIAJO PORQUE PRECISO, VOLTO PORQUE TE AMO - 2010


Direção: Karim Aïnouz e Marcelo Gomes 
Duração: 71 min 

País de origem: Brasil 

José Renato é geólogo e aceita fazer uma viagem pelo sertão do Nordeste, região semi-árida, para fazer o levantamento para a construção de um canal que sairá do único rio da região, o Rio das Almas.

Em momento algum veremos José Renato, é ele quem nos fala, conta o que está vivendo em sua vida pessoal e fala sobre a região por onde passa, até que nos damos conta que ambos se parecem, o vazio, algo seco, algo morrendo, o silêncio, tudo se repete e nada se move.

Às vezes ele precisa de gente e então se dirige para alguma cidade saindo de seu percurso. Desta forma ele vai a Juazeiro, vemos uma procissão com caminhões pau de arara, ex-votos, as casas do sertão que me encantam por sua história nas paredes, retratos da família, homenagens aos santos protetores e agradecimentos. Me chamou a atenção o colchão feito de palha e chita, uma parede onde está escrito solidão nn .

Aos poucos vamos descobrir que sua mulher amada, sua galega como ele a chama, o deixou e ele está viajando para esquecer. O que a paisagem reflete é o que ele sente dentro de si mesmo, mas ele continua, não desiste.

Sai com algumas garotas de programa e uma delas lhe diz que seu maior desejo é ter uma vida lazer. Ele pergunta o que é isto - é ficar em casa, ter filhos, ter alguém que te ame. José Renato também quer uma vida de lazer. Em um momento ele olha para os homens e se pergunta: o que estes homens fariam se fossem todos abandonados?

Ele finalmente chega à cidade de onde sairá o canal, já quase vazia, abandonada como ele. Sobe um morro e lá no topo há um monumento: Homenagem do povo do século XIX ao povo do século XX.

José Renato então fala que fez a viagem para se mover, para sair da paralisia, e que agora sente vontade de mergulhar na vida, como os homens que mergulham dos rochedos em Acapulco.

O interessante é que José Renato faz uma leitura de tudo que vê na paisagem e nas pessoas com o que ele mesmo está vivendo, trazendo o externo para dentro de si, mas ao mesmo tempo fazendo o movimento inverso.

O filme foi montado com as imagens filmadas ou fotografadas pelos diretores em suas viagens pelo sertão do Ceará. A voz de José Renato é de Irandhir Santos.
Karim Aïnouz nasceu em 1966 em Fortaleza, Ceará. 


Marcelo Gomes nasceu em 1963 em Recife, Pernambuco