sábado, 3 de maio de 2014

FILME: MOÇA COM BRINCO DE PÉROLA - 2003



Direção: Peter Webber - 2003 
Duração: 95 min 
Título Original: Girl with a Pearl Earring 
País: Reino Unido 

Adaptação do romance homônimo de Tracy Chevalier, uma história fictícia sobre como o pintor Vermeer teria pintado o quadro com o mesmo nome.

Século XVII, Griet (Scarlett Johansson) é uma jovem holandesa que vive em Delft e que devido dificuldades financeiras de sua família tem que ir trabalhar como criada da família do pintor Johannes Vermeer (Colin Firth).

Griet é sensível à beleza e às cores, seu pai pintava azulejos mas ficou cego, e admira o trabalho de seu patrão. Ele irá notar sua beleza mas principalmente seu entendimento sobre a pintura e as cores e fará dela sua auxiliar e depois musa inspiradora para seu quadro Moça com brinco de pérola. Dois momentos que demonstram o conhecimento de Griet, quando ela pergunta se deve lavar os vidros pois isto mudaria a lua no ateliê, e quando ao olhar as nuvens o pintor lhe pergunta de cor são, ela inicialmente dirá que são brancas, mas então perceberá que são amarelas, azuis, brancas, cinzas.



O filme retrata a vida do pintor e a forma como os quadros eram encomendados pelo seu Mecenas, mas também é uma mostra da vida da época, do mercado, dos camponeses e dos criados. A questão dos católicos e dos protestantes.

Para pintar Griet o pintor precisa dos brincos de pérolas de sua esposa, se será sua sogra quem os pegará escondido, num dia que sua filha não estará em casa, porém desde o início Griet terá uma inimiga em Cornélia (Alakina Mann) que tudo fará para que a moça seja despedida, e surge a oportunidade quando ela vê Griet devolver os brincos para sua avó. A esposa do pintor tem uma crise histérica ao ver o quadro, o chama de obsceno. Griet é despedida mas o pintor lhe enviará os brincos como uma forma de pagamento.


Johannes Vermeer nasceu em 1632 em Delft , na Holanda e faleceu em 1675 no mesmo local. Foi casado com Catharina Bolenes e teve 15 filhos. Morreu muito pobre e a viúva teve que vender os quadros que lhe restavam. Só foi reconhecido em 1866. 


Peter Weber nasceu em 1960

Trilha Sonora - Alexandre Desplat