segunda-feira, 18 de agosto de 2014

FILME: UM BOM ANO - 2006


Direção: Ridley Scott - 2006 
Duração: 118 min 
Título Original: A good year 

Max Skinner (Freddie Highmore/ Russell Crowe) passava férias  na Provença e foi educado pelo seu Tio Henry (Albert Finney) dono de uma grande propriedade com vinhedos, para conhecer os vinhos, mas também para saber como lidar com a vida diante de seus sucessos e fracassos. Max gosta muito de ganhar, e muitos anos depois vive em Londres e trabalha com ações, o que não lhe deixa tempo para nada, é um mundo extremamente competitivo, não tem fim de semana, não tem férias, apenas ganhar dinheiro e gozar o prazer da vitória quando se supera o outro. Ele não tem sensibilidade, as pessoas o detestam, mas admiram sua frieza com os negócios e o invejam. Até o dia em que recebe a notícia que seu Tio Henry morreu e que ele é o herdeiro da propriedade na Provença.



Pensando que pode ser um negócio bem rentável a venda da propriedade ele se permite um dia para ir até lá e ver de perto como está tudo. Entre muitas trapalhadas e correrias ele chega e encontra o local um tanto abandonado. Lá está o vinheteiro Duflot (Didier Bourdon) e sua esposa Ludivine (Isabelle Candelier) que conhece desde criança, mas agora ele e Duflot não se entendem por que este último não quer que ele venda a propriedade onde viveu a vida toda produzindo vinho para seu Tio.

Enquanto isto em Londres o chefe de Max convoca uma reunião à qual Max não consegue chegar devido ocorrências na Provença. Então é colocado em suspensão por uma semana pelo chefe e aproveita para ficar na casa de seu Tio, revivendo lembranças de sua infância e tentando colocar ordem para vendê-la. Uma surpresa o espera, a chegada de Christie (Abbie Cornish) que se diz filha de seu tio e pode querer a herança. Mas ele a acolhe e instruído pela advogada a trata muito bem.


Ele também reencontra uma conhecida de infância (não lembra dela no primeiro momento), Fanny (Marion Cottilard) que quase atropelou na estrada e que o deixa em apuros dentro da piscina onde caiu e da qual não consegue sair. Ele irá atrás dela em seu restaurante.



Aos poucos Max vai sendo reeducado na arte de viver e de ser educado, ético e sensível pelos habitantes da Provença. Ele começa a reencontrar os encantos deste lugar e suas lembranças mexem com ele através de cheiros, sabores e recordações dele com seu tio. Quando retorna à Londres para encontrar Sir Nigel (Kenneth Cranham), o diretor-executivo da empresa onde trabalha, este lhe oferece a sociedade da empresa ou uma boa soma em dinheiro para não ir para a concorrência, pois está ciente da capacidade de Max. Na sala da reunião há um belo quadro de Van Gogh, mas é uma cópia, pois o original está guardado no cofre. Max então lhe pergunta se para apreciá-lo ele entra no cofre à noite, ou ele se contenta em olhar para apenas para a cópia?

Um belo filme sobre o que realmente importa na vida e sobre quais valores são mais importantes. E você dará boas risadas também, além de poder apreciar o local com sua beleza natural.

Ridley Scott nasceu em 1937 em South Shields, no Reino Unido. 


Trilha Sonora de Marc Streitenfeld 

Marc Streitenfeld nasceu em 1974 em Munique, Alemanha