sexta-feira, 18 de julho de 2014

FILME: ANTES DO INVERNO - 2014


Direção: Philippe Claudel - 2014 
Duração: 98 min
Título Original: Avant L'hiver. 

Paul (Daniel Auteuil) é casado com Lucie (Kristin Scott Thomas) e é um neurocirurgião e professor extremamente conceituado em sua profissão. Eles estão casados há muitos anos e tem um filho casado e uma neta. O dia a dia é monótono. Lucie cuida do jardim que é visitado pela sua beleza e ele se dedica totalmente a seu trabalho.Ambos tem um amigo, o psiquiatra Gérard (Richard Berry) que é apaixonado por Lucie e joga partidas de tênis com Paul onde sempre perde.

Um dia ele cruza com uma moça, Lou (Leila Bekhti) que lhe diz que o conhece, que ele operou sua apendicite quando ela era criança, o que ele não se recorda, mas a partir deste momento ele irá sempre se cruzar com esta moça. Ao mesmo tempo ele começa a receber buques de flores na clínica e em casa.

Os buques desencadeiam suspeitas e começam a surgir as questões de uma vida em comum onde o dia a dia e a monotonia acabou afastando o casal. Eles não conversam mais, há um vazio ali. Paul começa a pensar no que poderia ter sido sua vida, e Lou é algo que o comove e o faz pensar no antes, no passado, na vida como ele diz. O que ele não sabe é quem é realmente Lou.

Ele inicialmente desconfia desta moça, acha bizarro ela estar sempre onde ele está, e isto o tira de sua zona de conforto onde vivia. Aos poucos ele se aproxima dela, mas não da forma como ela espera, ele não a procura como mulher, para o sexo, mas sim, para tentar olhar para si mesmo e ao mesmo tempo o faz perceber que a velhice se aproxima, que seu casamento é frio, que o desejo sexual está morto.

Mas nem sempre tudo é o que parece e uma surpresa aguarda Paul em relação à Lou, apesar de que ele parece tê-la tocado uma vez que acabará tendo uma saída drástica para evitar que se concretize o planejado em relação à ele.

Há uma bela cena no filme, uma senhora que será operada de um tumor, ela pede à Paul que guarde os nomes de sua família, todos mortos no holocausto, com receio de se morrer estes nomes nunca tenham sido pronunciados, e se viver, eles podem desaparecer pois pode ser que o tumor que ela carrega seja eles.


Philippe Claudel