segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

FILME: CAMILLE CLAUDEL - 1988



Direção: Bruno Nuytten - 1988 
Duração: 166 min
Roteiro: Bruno Nuytten e Marilyn Goldin 
País: França 


Baseado no livro de Reine-Marie Paris

Ganhou o César de melhor filme de 1989.

Paris - 1885

Ela tinha um dom maravilhoso, mas viveu em uma época onde as mulheres não podiam se destacar, tinham que viver à sombra dos homens no que diz respeito a ser reconhecidas publicamente. Sua mãe a invejava, tinha ciúmes por causa do pai e não aceitava sua escolha de ser uma escultora.



Camille (Isabelle Adjani) se apaixona por Rodin (Gérard Depardieu) , grande escultor. Trabalha com e para ele até que percebe que seu trabalho não aparece. Ele vive com uma mulher com quem tem filhos, mas se recusa a abandoná-la para viver com Camille apesar de estar apaixonado por ela. Ela está grávida, e diante de sua recusa não lhe conta nada e aborta, e o deixa. Começa sua decaída e cai em desgraça na sociedade parisiense, mesmo tendo amigos como Claude Debussy (Maxime Leroux).



Eles discutem, e Rodin lhe diz que ela é uma escultora de terceira, que deve tudo à ele. Que ela a fez e que lhe deve obediência. É o início da paranóia. Sente-se roubada e irá acusá-lo de um complô contra ela até o fim de sua vida.



É o preço que pagou por assumir o seu desejo e ir contra o desejo do outro, de sua mãe. Quando não optamos pela neurose estamos caminhando na beira do abismo.

Ela não suportou não conseguir ser uma escultora reconhecida, não aceitou ser a sombra de Rodin, não suportou o rompimento. Passa a pensar que ele nunca a amou e queria apenas suas obras, e se fixa nisto.

Claudel esculpia a dor, a morte, isto chocava. Não consegue expor na Exposição, não consegue seu lugar no mundo da arte. Ela destrói a maior parte de sua criação, e depois dirá que foi Rodin que a roubou. Ela caminha para a loucura. Seu irmão Paul (Laurent Grévill)  escapa do desejo da mãe pela religião, mas não perdoa Camille ter feito um aborto.

Enquanto seu pai viveu ele a protegeu e tentou defendê-la da mãe, lhe possibilitar o acesso ao desejo, mas após sua morte, a primeira coisa que sua mãe fará é internar Camille com a ajuda de Paul Claudell.



Não encontrei o trailer legendado, o que segue é em francês





Bruno Nuytten nasceu em 1945 em Melun, Île de France, França.

Trilha sonora de Gabriel Yared

Claude Debussy - Reverie

Gabriel Yared em 1949 em Beirute, Líbano. É compositor

Claude Debussy nasceu em 1862 em Saint-Germain-en-Laye, França e faleceu em 1918 em Paris. Foi um músico e compositor francês.