segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

FILME: SEDE DE VIVER - VAN GOGH - 1956



Direção: George Cukor, Vincente Minnelli - 1956
Duração: 122 min 
Título original: Lust for life
Roteiro: Irving Stone e Norman Corwin
País: Estados Unidos 

Adaptação da novela homônima de Irving Stone. Baseado no livro Cartas à Théo de Vincent Van Gogh.

Oscar de melhor ator coadjuvante para Anthony Queen e Globo de Ouro para Kirk Douglas como melhor ator dramático.


Vincent Van Gogh, um dos maiores pintores impressionistas Holandês.

Van Gogh (Kirk Douglas) nunca se encontrou, vivia com seus pensamentos e verdades, não aceitava os outros e suas idéias, frágil perante recusas e frustrações, queria impor sua verdade. Se amava não conseguia aceitar que o outro não podia amá-lo. Afasta-se, solitário. Viciado em absinto, bebida fortíssima que pode causar alucinações.
Por outro lado, exceto por seu irmão Theo (James Donald) , sua família o critica e pede que se vá por que ele não corresponde ao socialmente aceito, cria problemas para a família, sobre o que os outros comentam. Dizem que ele não vai a missa, falam de suas roupas e de seu modo de ser. Ele por não ligar para o que falam, muitas vezes acaba sendo indelicado, exigindo poder se expressar e dizer o que pensa.



Pinta o externo, o que vê, tenta colocar nas suas telas o sentimento, se expressar.

Gauguim (Anthony Queen) foi um grande amigo, passaram um tempo juntos até se desentenderem. Acaba cortando a própria orelha e pede para ser internado. E quando achou que deu, foi embora.



Assista ao trailer:


                                 


George Cukor nasceu em 1899 em Lower East Side, New York, EUA e faleceu em 1983 em Los Angeles, Califórnia, EUA

Vincente Minnelli nasceu em 1903 em Chicago, Illinois, EUA e faleceu em 1986 em Beverly Hills, Califórnia, EUA.

Trilha sonora de Miklós Rózsa

Miklós Rózsa nasceu em 1907 em Budapeste, Hungria e faleceu em 1995 em Los Angeles, Califórnia, EUA. É um compositor.