sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

FILME: GRANDES OLHOS - 2014


Direção: Tim Burton - 2014 
Duração: 105 min
Título Original: Big Eyes 

Cinebiografia da pintora  Margaret Keane 

Anos 50, EUA, Margaret (Amy Adams) acaba de se separar de seu primeiro marido. Ela sobrevive trabalhando numa fábrica de móveis e expõe suas pinturas de crianças com olhos grandes num parque onde conhece Walter Keane ( Christoph Waltz) que também está ali vendendo quadros. 

Fragilizada diante de uma sociedade machista onde uma mulher não é levada em conta como artista, ao receber uma carta informando que seu ex-marido requer a guarda da filha por considerá-la incapaz de cuidar da criança, Walter propõe casamento e ela aceita sem ao menos conhecê-lo direito. Sua vida irá mudar a partir daí. Ele começa a expor os quadros dele e dela, e se inicialmente ele informa que são quadros de sua esposa, aos poucos ele vai se apoderando da arte dela com a desculpa de poderem ganhar muito dinheiro. Ao fim ela desapareceu, as obras são dele. Ela pinta escondido, até mesmo de sua filha. 

O que Margaret não sabia é que estava diante de uma pessoa que mentia o tempo todo dentro do seu delírio. Os quadros que ele dizia serem dele, não eram. Ele nunca esteve em Paris, nem estudou arte. Foi casado e também tem uma filha. Diante de tudo isto ela começa a rever sua situação, mas ainda não tem coragem de tomar uma decisão, se sentia cúmplice na farsa e ele se aproveitava disto, dizendo que eles eram cúmplices numa fraude, até o dia que ele é criticado num jornal e perde as estribeiras numa festa e depois a culpa por isto, mostrando seu lado que não suporta frustrações, ser contrariado, e seu sonho megalomaníaco. Mais uma vez Margaret foge com sua filha e vai viver no Havaí. 

Ela pede o divórcio e ele a chantageia, quer os direitos sobre suas obras e mais 100 quadros ao que ela novamente cede. Sua vida é isolada, até mesmo sua melhor amiga foi afastada devido ao fato da mentira não poder ser revelada, nem mesmo no Havaí ela pode receber pessoas, pois seus quadros estão pela casa e ela está pintando para cumprir o acordo do divórcio. Somente quando certo dia ela acaba recebendo em sua casa duas mulheres que foram ali para pregar sobre sua religião é que ela começa a enxergar uma possibilidade de se libertar. E o faz, acabará levando Walter ao tribunal e onde o juiz para poder determinar a autoria decide que eles terão que pintar, ali mesmo. Obviamente Walter não consegue. Ela ganha a causa, e ele nunca se conformou dizendo sempre que os quadros são dele. 

Os quadros de crianças de olhos grandes marcaram uma época, eram encontrado em todos os lugares como Posters, cartões postais e reproduções. Keane abriu uma galeria e revolucionou a venda da arte. Quando a fraude veio a tona não causou polêmica, uma vez que os quadros não eram considerados obras de arte, mas Kitsch. 

O diretor precisou convencer Margaret a ter sua vida exposta no cinema, hoje com 88 anos. Walter Keane morreu em 2000 pobre e esquecido. Ele não era o pintor, mas era um gênio em vendas e marketing, só que desejava ser um pintor, e seu ego se apoderou, introjetou a arte de Margaret e a deixou totalmente de lado, para Walter ela era como uma fábrica, uma linha de montagem de seus quadros. 

Margaret Keane 
Margaret Keane 



Walter Keane 


Tim Burton nasceu em 1958 em Burbank, Califórnia, EUA.