domingo, 29 de março de 2015

FILME: FREUD ALÉM DA ALMA - 1962


Direção: John Huston - 1962
Duração: 140 min
Título Original: Freud, the secret passion

Filme em preto e branco

O filme faz uma cinebiografia do período inicial da psicanálise e demonstra como Freud (Montgomery Clift) desenvolveu o que veio a se chamar de Édipo na psicanálise. 

O filme reúne fatos verídicos como a ida de Freud para Paris e as aulas de Charcot sobre a histeria, seu casamento com Martha (Susan Kohner), a morte de seu pai, mas também condensa em Cecily ( Susannah York) várias pacientes histéricas, entre as quais a principal foi Anna O. tratada pelo Dr. Breuer (Larry Parks) que criou o talking cure, ou seja, a cura pela palavra.

O filme condensa 15 anos da vida de Freud quando ele desenvolve o Complexo de Édipo e a teoria da sexualidade, onde toda criança deseja inconscientemente a mãe ou pai, dependendo de sua posição masculina ou feminina. Cecily deseja o pai, mas não pode admitir isto conscientemente, é incestuoso e portanto perigoso e proibido. Quando ela se volta para a mãe encontra uma mulher incapaz de lhe dar amor o que a faz se voltar novamente para o pai e passar a persegui-lo tentando se tornar o objeto de desejo dele, levando-a inclusive a ir para um bordel onde Freud a resgata. O boneco que ela ganha do pai representa inconscientemente o filho que desejaria dar ao pai. O filho do general relata sob hipnose que matou o pai porque amava a mãe, o que também choca Freud que manda que ele não se recorde de nada quando acordar. Aqui vemos o efeito da contratransferência, uma vez que Freud também trazia em si mesmo o Édipo e não conseguiu lidar com isto naquele momento.

Freud irá perceber tudo isto se auto-analisando, pensando em si mesmo em relação à sua mãe, de uma lembrança que tem de tê-la visto nua em um trem e depois de seu pai a levando para seu compartimento deixando-o sozinho.

Na época acreditava-se que a histeria era uma farsa que as mulheres encenavam, ou então uma possessão demoníaca, o que Freud demonstra não ser. Ele ouve as mulheres, lhes dá crédito e com isto descobre o que causa a histeria. A histeria era considerada algo da mulher, mas na verdade ela também aparece nos homens, o que no filme fica demonstrado quando seu mentor inicial , Dr. Mayers, assume que o desacreditou perante todos por estar colocando a mostra o que ele sentia o que o desmoralizaria naquela sociedade.

Quando o pai de Freud morre ele tem um sonho que não consegue entrar no cemitério. Será o caminho para que ele descubra que uma das formas do inconsciente aparecer são os sonhos que precisam ser interpretados.

O DVD traz em seguida uma entrevista com o psicanalista Renato Mezan que fala sobre o filme e sobre o impacto destas descobertas e do repúdio que causou tanto no meio médico como diante da sociedade. Toda descoberta que vai contra o aceito, o comum, normalmente sofre este tipo de reação.

Para os que se interessam pela psicanálise é um filme que não pode deixar de ser visto. 
John Huston nasceu em 1906 em Nevada, Missouri, EUA e faleceu em 1987 em Middletown, Rhode Island, EUA.