sábado, 6 de dezembro de 2014

PERFIL- MULHERES - ALFONSINA STORNI



Alfonsina Storni nasceu em 29 de maio de 1892 em Sala Capriasca, Suíça e faleceu em 25 de outubro de 1938 em Mar Del Plata, Argentina. 

Alfonsina nasceu na Suíça, mas filha de pais argentinos que retornam em 1896 para San Juan na Argentina. Em 1901 muda-se para Rosário. Ela passou por muitas dificuldades financeiras e para ganhar o sustento trabalhou como costureira, operária, atriz e professora. 

Suas poesias são uma forma de libertar-se da opressão e da sociedade patriarcal. Ela defende que as mulheres deviam liberar o que traziam dentro de si, reprimidas que eram pela sociedade e mostrar a todos o que sentiam e o que desejavam. 

Em 1935 descobre que tem um câncer de mama e em 1937 o suicídio de seu amigo Horacio Quiroga a abalou muito. Em 1938 suicidou-se andando para dentro do mar, tinha 46 anos e teve seu corpo resgatado no dia 25 de outubro. Antes disto ela havia enviado a um jornal o soneto "Voy a dormir". Mercedes Sosa a homenageia cantando "Alfonsina y el mar" composto por Ariel Ramírez e Félix Luna. 

Há um monumento na praia La Perla feito pelo escultor argentino Luis Perlotti. 

Ouça a canção Alfonsina y el mar: 


Ouça: Voy a dormir: 

Assista: Diário de Alfonsina - últimos dias



Assisti também a Peça Vestida de Mar - postado no blog.