domingo, 17 de maio de 2015

FILME: O FIO DE ARIANE - Uma fantasia de Robert Guédiguian - 2014


Direção: Robert Guédiguian - 2014
Duração: 92 min
Título original: Au fil d'Ariane 
País: França 

O filme é um sonho mas sem se desprover de lógica apesar de cenas oníricas como uma tartaruga falante. Mas quem já não conversou com animais? e lhes colocou uma resposta sendo dada? 

É o dia do aniversário de Ariane (Ariane Ascaride), ela está em sua moderna casa preparando um bolo enquanto chegam flores e o telefone não para com sua família e amigos lhe desejando um Feliz Aniversário, porém todos eles alegam que infelizmente estão impossibilitados de comparecerem para lhe dar os parabéns pessoalmente.

Assisti o filme na véspera do meu aniversário, já me preparando para justamente passá-lo sozinha. Porém como no filme isto acabou não acontecendo. Mas voltando a Ariane, quando ela percebe que ninguém virá ela deixa o bolo com as velas acesas e sai, decide comemorar sozinha seu aniversário. Na ponte levadiça enquanto espera a passagem de um navio acaba conversando com um jovem que se oferece para levá-la até um lugar muito bom para comer, o restaurante Café L'Olympique onde diariamente vão excursões de idosos para comer. Quando decide ir embora tem que chamar um táxi pois o rapaz da moto saiu com uma garota. Ela não sabe direito o endereço de onde deixou o carro, mas no caminho vê seu carro sendo guinchado, eles voltam, vão atrás mas quando chegam ao local o portão é fechado na cara dela. Bom ela saca dinheiro para pagar o taxista ( Jean-Pierre Darrousin) e neste momento é roubada por dois que passam numa moto. O taxista a leva de volta ao Café. 

Ariane vive a realização de seus desejos, ela se reencontra. Ao relembrar seus sonhos que foram apagados ou deixados de lado diante do dia a dia de sua vida de casada, mãe de dois filhos, ela revive. E o que nos mostra o filme é que temos que manter a capacidade de sonhar, de desejar, e que mesmo que não seja possível realizar os desejos na realidade ainda assim podemos sonhar. Ao final Ariane terá que retornar, como no mito, ela segue seu fio de volta a sua realidade. Acorda quando tocam a campainha e eis que chegam todos para lhe fazer uma surpresa após enganá-la dizendo que não poderiam ir.





Robert Guédiguian nasceu em 1953 em Marselha, França. É casado com Ariane Ascaride.

Musica cantada no filme por Ariane - Comme on fait son lit.